“Algumas pessoas acham desconfortável”, explica Fusco.

“Mas na maioria das
vezes é tolerável.” Fusco diz que algumas pessoas comparam a sensação à
eletricidade estática, mas varia de pessoa para pessoa. Uma colega da Vogue
que faz tratamentos desde os 15 anos observa que, embora suas consultas
iniciais parecessem estouros de elásticos, a dor diminuiu ao longo dos anos, à
medida que os folículos capilares pararam de produzir cabelos.
O creme anestésico também pode ser aplicado 20 minutos antes do tratamento,
se os pacientes precisarem.
O que devo fazer antes do tratamento? “Evite a luz solar e o autobronzeador”,
explica Karavolas. “E se você estiver tomando antibióticos, espere pelo menos
cinco dias [antes de entrar].” E enquanto a maioria das pessoas são boas
candidatas à depilação a laser, ele observa que as mulheres grávidas e aquelas
que estão tomando qualquer medicamento que alerte contra a exposição ao sol
não devem receber tratamento.
Ribeirao preto depilacao a laser
A colega acima mencionada observa que ela se
barbeia antes de cada consulta “para que o laser possa atingir a raiz e não a
ponta do cabelo”, e garante pular a maquiagem ao fazer tratamentos faciais, pois
o técnico normalmente a limpa de qualquer maneira.
E após o tratamento? Fusco aconselha os pacientes a tratar a área como se
fossem uma queimadura solar (pule banhos quentes e chuveiros e aplique aloe).
“Evite a luz solar para que a pigmentação pós-inflamatória não ocorra e pule a
aplicação de retinóides ou alfa-hidroxiácidos.” Entre as sessões, ambos os
profissionais desaconselham a depilação com cera ou pinça em favor do
barbear. “E use pelo menos um FPS 30 o tempo todo”, acrescenta Karavolas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.